Loading...

Afinal os pais têm mesmo um filho preferido



Afinal os pais têm mesmo um filho preferido
Foto: Spotmais

Os pais nunca admitem, mas lá no fundo têm sempre um filho favorito. Esta é a conclusão de um estudo realizado pela Universidade da Califórnia.

O grupo de investigadores quis perceber se os pais tinham ou não um filho preferido. Para isso, foi realizado um inquérito a 384 famílias com o objetivo de tentar apurar qual era a opinião dos progenitores acerca dos filhos.

Após analisarem as respostas, concluíram que 74 por cento das mães e 70 por cento dos pais tinham, definitivamente, um filho predileto: o mais velho.

Os resultados obtidos deixaram a própria autora do estudo, Katherine Conger, bastante surpreendida.

“O nosso pressuposto era o de que o filho mais velho, por ter nascido primeiro, estaria mais afetado pela perceção de um tratamento diferente dos pais em relação ao mais novo, até mesmo pelo seu estatuto de criança mais velha da família”, explicou.

Por sua vez, esta tendência mostrou afetar a confiança dos irmãos mais novos, acabando por prejudicar a autoestima dos mesmos.

Fonte: Spotmais


loading...


Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner