loading...

Espanha vai acabar com as portagens nas autoestradas

Espanha vai acabar com as portagens nas autoestradas
Foto: PPLWare

Governo de Espanha vai acabar com o pagamento de portagens nas vias cuja concessão de 50 anos termina entre este ano e 2021.

Segundo informações do Ministro do Desenvolvimento, José Luis Ábalos, em entrevista ao El País, cerca de 100 quilómetros de vias vão deixar de ter portagens e algumas já este ano.

A decisão afeta diretamente a AP-1 entre Burgos e Armiñón (Álava), de 84 quilómetros, que expira a 30 de novembro deste ano. Além desta, há igualmente a AP-7, entre Alicante e Tarragona e a AP-4, entre Sevilha e Cádiz. Estas últimas têm concessão que termina a 31 de dezembro de 2019 e têm 468 quilómetros no total.

Destas vias que perdem portagens, a mais perto de Portugal é a AP-4, entre Sevilla e Cádiz.

Empresas portuguesas também vão beneficiar

Esta ação teve, por parte das concessionárias, uma reação nada positiva. Segundo a SEOPAN (Asociación de Empresas Constructoras y Concesionarias de infraestructuras), o custo para o Estado estima-se em cerca de 300 milhões de euros só nas portagens entre Burgos e Armiñón.

A empresa argumenta que esta autoestrada entrará em colapso devido ao aumento que sofrerá com o tráfego de camiões pesados. Os responsáveis da concessionária apontam que uma grande percentagem de utilizadores desta via são estrangeiros e camiões vindos de França e Portugal.

Fonte: PPLWare



Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner