loading...

OS TEUS FILHOS PRECISAM DE TI e não do teu dinheiro

OS TEUS FILHOS PRECISAM DE TI e não do teu dinheiro
Foto: Up To Kids

Na sociedade de hoje em dia, há a ideia errada de que dar presentes é demonstrativo de amor e afecto. Assim, os gestos genuínos que representam amor e carinho são, muitas vezes, substituídos por presentes e diversas atividades.

Hoje, uma criança feliz é aquela que tem e faz de tudo, desde a natação, ao inglês, ao futebol. As nossas crianças sabem fazer muita coisa, mas têm pouco espaço dentro de suas próprias casas.

Pais demasiado ocupados para estar com os filhos e que, ao mesmo tempo, ocupam excessivamente os filhos, como forma de “suprir” essa falta. Não tentamos culpabilizar os pais, mas sim promover uma reflexão sobre a relação pais e filhos, a qual é muito importante e tem sido deixada, cada vez mais, de lado.

Porque é que os teus filhos precisam de ti

Por mais que uma criança tenha mil e uma atividades, uma conversa, um abraço e essencialmente o nosso tempo, não são dispensáveis nem substituíveis.

Nós, adultos e Pais responsáveis precisamos disso. Precisamos de saber que alguém zela por nós, precisamos de ter um lugar não só para descansar no fim do dia, mas alguém para conversar e partilhar a nossa vida.

Os filhos também precisam deste espaço. A atenção não deve ser apenas de fora, mas também (e principalmente) dos pais. Por isso, encheres o teu filho de presentes não significa necessariamente que ele se vá sentir amado. Presentes e dinheiro para comprar roupas ou ir a festas, ou simplesmente ser um pai-mãe liberal não resume, de todo, as necessidades básicas do teu filho.

Assim como uma relação amorosa não é sustentada por presentes e jantares, também as relações entre pais e filhos têm de ser diariamente regadas. É essencial dar espaço ao diálogo, permitir que os filhos partilhem histórias, medos e angústias que, muitas vezes, ficam retidos pela falta de tempo. A falta de tempo é muitas vezes falta de entrega e de disponibilidade emocional.

Por mais que os nossos filho não manifestem o desejo de se expressar, é preciso estimular estas relações positivamente.

As crianças querem ser ouvidas

A série “13 reasons why” mostra-nos a importância das relações não só no âmbito social, mas também familiar. As crianças e adolescentes precisam de ter um espaço de acolhimento dentro das suas casas. De ter alguém que os defenda em vez de apenas julgá-los e culpabilizá-los.

Vejo muitos adolescentes que têm de “tudo”. Têm o melhor telemóvel, roupa de marca, viajam por todo o mundo, mas  queixam-se de ninguém lhes dar ouvidos. Pessoas que estão angustiadas e não sabem lidar  com o seu sofrimento. Que procuram alguém com quem partilhar e acabam perdidos nesta procura incessante de alguém que os escute, e que acolha as suas angústias.

A culpa não é da família. Muitas vezes, os pais não se apercebem desta necessidade quer seja pela rotina, pela correria, ou por inúmeras razões.

O alerta vem no sentido de nos direcionarmos para estas relações. De nos empenharmos em fortalecer a relação com os filhos enquanto são crianças, não através do dinheiro, de presentes, agrados e permissões, mas através da escuta, do companheirismo e da nossa presença e empenho.

Nada disto supre a falta de um abraço caloroso. Nada paga o colo nem o ombro amigo que lhes permite chorar. Nada anula a nossa presença e o cuidado parental. Afinal, todos nós amamos sentir que alguém zela por nós, os teus filhos precisam de ti.

Publicado em ContiOutra, adaptado por Up To Kids®



Loading...

Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner