loading...

7 regras rigorosas que as modelos são obrigadas a seguir?

7 regras rigorosas que as modelos são obrigadas a seguir?
Foto: Factos Curiosos

Hoje em dia se tornar um influenciador dentro das mídias sociais anda se tornando cada vez mais popular. É possível fazer um bom dinheiro somente postando fotos, promovendo a própria imagem e divulgando produtos e marcas de empresas que buscam esse tipo de mídia. Contudo, o que as pessoas não sabem é que, por estarem "atadas" nessas empresas, pessoas que modelam no Instagram e nas passarelas devem seguir certas regras.

Essas regras muitas vezes são bem explicitadas pelo "empregador" do influenciador. Outra coisa é que as pessoas que colaboram com alguma marca em específico, sempre leva consigo a "cara" e o estilo dos produtos. É um ramo de atuação que anda crescendo cada vez mais. Se você pensa em entrar nessa onda, é melhor ter em mente algumas coisas.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você algumas da regrinhas dessa área. A maioria dos influenciadores devem adotar quando vão trabalhar com seus patrocinadores, afinal estão sendo pagos. Quando se trata de divulgar uma marca e ao mesmo tempo sua imagem pessoal, algumas passos devem ser seguidos. Conheça 7 regras rigorosas que as modelos são obrigadas a seguir

1 - Postar Memes

Modelos que utilizam a plataforma do Instagram de forma a serem remuneradas e destacarem seu trabalho com as marcas que as patrocinam, não podem postar memes. Com certeza só por esse primeiro tópico muita gente vai desistir de "modelar". Isso acontece pelo fato de normalmente os "memes" não passarem a imagem que uma marca "X" quer transmitir.

2 - Não podem exagerar nos Hashtags

Tentando evitar que as postagem pareçam ter um cunho "promocional", marcas costumam pedir para não serem usadas muitas hashtags. Mesmo que uma postagem seja patrocinada (e tenha a obrigatoriedade de explicitar isso), eles não querem deixar que isso passe uma "sensação" de que é uma publicidade.

3 - Se a foto não tiver likes, delete-a

Se você começa a trabalhar em parceria com uma marca, essa marca vai querer patrocinar uma pessoa popular e que passe os valores de sucesso da empresa. Bem, você provavelmente terá que tirar aquelas fotos que não tem "likes" suficientes para o padrão buscado da empresa. Pode ser uma foto de você e sua falecida avó... Bem, você vai ter quer tirar.

4 - Se não tiver seguidores suficientes... Não é garantido o pagamento

Há quem diga que a partir de 10.000 seguidores é possível conseguir um bom patrocínio e tirar uma grana por suas postagens patrocinadas. Contudo, abaixo disso você pode até receber um produto de graça para divulga-los... Mas muito provavelmente você não receberá um pagamento por isso.

5 - Falar bem do produto

Quando você tem um contrato... você tem um contrato. Se você não quiser perder uma marca patrocinadora, melhor não falar que aquela comida tem gosto ruim ou que a última coleção ficou "meia-boca". A última coisa que uma marca quer é ter uma pessoa falando mal de seus produtos, e ainda ser paga para isso!

6 - Precisam falar se a postagem é patrocinada

Legalmente se uma postagem foi paga por um patrocinador e um influenciador irá "promover" aquele produto... Isso deve ser explicitado. Todavia, normalmente o próprio influenciador não deixa isso claro para surtir mais efeito na divulgação. Nos Estados Unidos as autoridades estão sendo mais rigorosas em relação a transparência publicitária.

7 - Ter um look condizente com a marca

Marcas procuram pessoas que expressem as ideias e a imagem da marca para promoverem seus produtos. Por exemplo, não adianta você ter 12.000 seguidores com um look gótico e esperar se patrocinado pela Nike. Marcas procuram pessoas compatíveis com seus produtos e pedem que a pessoa continue assim. Em outras palavras, a pessoa precisa sempre está dentro do "feeling" da marca.

E aí, o que achou da matéria? Deixe seu comentário aí embaixo e até a próxima.

Fonte: Factos Desconhecidos



Loading...

Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner