"Vários estudos e experiências provaram a eficácia da molécula Redaporfin" no tratamento de diversos tipos de cancro. Primeiro fármaco português para tratamentos oncológicos poderá estar no mercado "dentro de três a quatro anos".

 

Publicado em Actualidades

Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner