"A guerra é um facto estabelecido. A questão agora é saber quando vai começar". As palavras do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte marcam um novo ponto na escalada de tensão entre os EUA e o país asiático. A agência de notícias estatal de Pyongyang dá conta da reação do país aos exercícios militares que decorrem na vizinha Coreia do Sul, com a participação de bombardeiros americanos.

 

Publicado em Actualidades

Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner