loading...

Tem três cancros e é forçada a ir dar aulas todos os dias

(1 Vote)


Tem três cancros e é forçada a ir dar aulas todos os dias
Foto: Correio da Manhã

Marta Simões, professora de 49 anos, sofre de cancro na mama, vesícula e suprarrenal.

“Sinto-me de rastos, física e psicologicamente. Só quem passa por isto sabe como é violento.” Em lágrimas, Marta Simões, 49 anos, sente-se incapaz de regressar à escola onde dá aulas há 17 anos. Sofre de cancro e é obrigada a trabalhar A professora de Ciências está doente há mais de três anos. Foram-lhe diagnosticados três cancros – vesícula, suprarrenal e mama – e faz tratamentos diários de Radioterapia no Instituto de Oncologia do Porto.

Como ultrapassou os três anos de baixa permitidos por lei, tem de regressar esta quarta-feira ao trabalho, na EB 2/3 das Taipas (Guimarães). A última Junta Médica que avaliou o caso de Marta considerou que a professora não estava “absoluta e permanentemente incapaz para o exercício das suas funções”.

A docente não entende a decisão da Caixa Geral de Aposentações (CGA). “Enviaram-me um ofício a notificar do limite do período de baixa e com três opções: uma delas era aposentar-me. Portanto, o indeferimento é um contrassenso”, acusa.

Com uma filha de 12 anos, Marta não vê outra opção senão apresentar-se ao serviço. “Vou fazer das tripas coração, mas não me sinto minimamente em condições para regressar ao serviço.”

Os dias de Marta têm sido passados entre o IPO, no Porto, e a casa onde vive, em Braga.

Ver vídeo aqui

Fonte: Tuga Press

 

Loading...

loading...


Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner