loading...

Prostituta roubava e agredia cliente idoso

(1 Vote)
Prostituta roubava e agredia cliente idoso
Foto: Pergunte a uma Mulher

Uma mulher britânica e o ex-companheiro foram condenados a, respetivamente, 12 e 15 anos de prisão por terem mantido em cativeiro um homem de terceira idade, com o objetivo de lhe "esvaziarem a conta bancária".

De acordo com a imprensa britânica, Susan Garside, de 53 anos, seria prostituta e terá conhecido a vítima num site de sexo, onde se apresentava com o pseudónimo "Summer Blackvelvet".

Ficou provado, em tribunal, que, em novembro do ano passado, a arguida atraiu o homem para sua casa, onde o então companheiro, Anthony Miller, de 49 anos, e três outros homens mascarados e não identificados o roubaram e agrediram.

Durante a sessão de julgamento desta terça-feira, no Tribunal de Liverpool, a vítima contou que esteve em cativeiro, sempre com os braços e pernas acorrentados, a boca amordaçada e os olhos vendados mas que reconheceu a voz de Miller, que já o teria avisado para não voltar à casa de Susan, que o homem, alegadamente, frequentava.

A vítima, cuja identidade não foi revelada, acusou os agressores de a terem "perfurado" com uma faca no pescoço e nas orelhas, enquanto ouvia ameaças de que ficaria cega e sem membros.

Imagens reveladas pelo "Liverpool Echo" do local onde o homem era mantido em cativeiro mostram uma divisão muito pequena, sem luz natural, suja e, segundo o jornal, extremamente fétida.

O juiz Anil Murray, que proferiu a sentença na terça-feira, disse acreditar que, caso o homem não tivesse conseguido libertar-se, o plano teria sido mantê-lo refém até que os atacantes conseguissem "esvaziar a sua conta bancária".

O casal, que negou sempre as acusações, foi condenado por extorsão e sequestro a 12 (Susan) e 15 (Anthony) anos de prisão.

Fonte: JN

 

Lido 2639 vezes
loading...

Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner