loading...

Reino Unido, o negócio lucrativo de milhões com a Arábia Saudita

(2 votos)
Reino Unido, o negócio lucrativo de milhões com a Arábia Saudita
Foto: The Telegraph

O Governo britânico recusou-se a parar o lucrativo negócio de venda de armas à Arábia Saudita, rejeitando os apelos nesse sentido de várias organizações e de duas comissões parlamentares, por considerarem que os crimes de guerra estão hoje «bem documentados» e que o país deve deixar de ser cúmplice com a «campanha assassina» que dura há 21 meses.

De acordo com a Campanha contra o Comércio de Armas (CAAT, na sigla em inglês), o Reino Unido vendeu armas aos sauditas no valor de 3,3 mil milhões de libras só nos primeiros 12 meses de guerra no Iémen.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, tem sido uma defensora férrea dos laços anglo-sauditas. Na semana passada, insistiu na sua defesa, afirmando que a «intervenção no Iémen» tem o apoio das Nações Unidas e que, perante alegações de violações dos direitos humanos, o seu país solicita «a sua devida investigação». E já o fez... à Arábia Saudita.

May insistiu noutro aspecto: as relações com a Arábia Saudita mantêm a Britannia segura. «A segurança do Golfo é importante para nós [...] e as ligações de contra-terrorismo que mantemos com a Arábia Saudita, as informações secretas que recebemos da Arábia Saudita têm salvo centenas de vidas aqui, no Reino Unido», disse, segundo refere a RT.

Fonte: RiseUp Portugal

 

Loading...

loading...


Subscreva Newsletter

Escreva o seu email:

Entregue por FeedBurner